Como você vai encarar o Deserto?

Gente, Deus tem me ajudado a vencer várias barreiras na minha vida e uma delas é a timidez, principalmente o medo de falar em público,  eu sempre tive pavor disso, mas estou conseguindo vencer isso, prova maior é que na semana passada fui convidada para levar uma palavra na igreja que frequento e eu consegui vencer esse desafio, a vitória foi tão  grande que além de eu conseguir falar, consegui levar uma palavra que creio ter tocado a todos, principalmente a mim, foi muito bom, vou deixar aqui o resumo do que falei. Ainda não morro de amores pelo microfone mas quero estar disponível para fazer o que Deus me colocar em minhas mãos.

Li todos esses versículos: Números 13: 2-3, 25-33  / 14: 1-3, 6-8, 10-12, 22-24, 30, 34

O povo de Israel era escravo no Egito, eles foram para lá na época de José, depois José morreu, o faraó amigo de José morreu, o povo começou a se multiplicar e os egípcios começaram a ficar com medo, então Israel foi escravizado e eles começaram a clamar a Deus pedindo libertação, então Deus separa Moisés e ele guiado por Deus tira o povo do Egito após Deus enviar 10 pragas sendo que a ultima foi à morte dos primogênitos, eles viveram no Egito por 430 anos. O povo foi presenciou o milagre de ter sua família preservada de todas as pragas e assim foram libertos.

Deus já sabia que eles teriam medo e fossem querem voltar para o Egito então não os mandou pelo caminho mais curto, pois teriam que enfrentar a guerra, os fez dar a volta passando pelo mar vermelho. (Êxodo 13:17-18)

O povo presenciou vários milagres:

MAR SE ABRIU – Já no primeiro obstáculo eles começaram a murmuração, viram o mar vermelho e começaram a falar, “Moisés foi por falta de túmulos do Egito que nos trouxe pra morrer aqui”. Moisés orou a Deus e o mar se abriu, gente o mar se abriu , fizeram festa, cantaram e adoraram a Deus.

FALTA DE COMIDA – Logo depois começaram a murmurar de novo “Ah podíamos ter morrido no Egito que tinha panela de carne e pão até nos fartar, porque nos trouxe pro deserto pra matar de fome a multidão” (Êxodo 16). E Deus enviou o maná dos céus Deus disse que enviaria todos os dias e que não era pra guardar pro outro dia mais eles não confiaram e guardaram e no outro dia tudo cheirava mal e estava com bichos. Era pra colher seis dias e no sétimo descansar, mas ainda teve gente que no sétimo dia foi la colher e não achou nada, e Deus disse: Até quando recusareis guardar os meus mandamentos e as minhas leis? (Êxodo 16:28)

FALTA DE ÁGUA – Depois o povo começou a murmurar por causa da água, mais uma vez perguntaram por que nos tirou do Egito, foi pra nos matar de sede no deserto  e Deus fez sair água da Rocha. (êxodo 17:3)

GUERRA CONTRA OS AMALEQUITAS – Deus fez Israel venceu os amalequitas. (Êxodo 17:13)

E muitos outros milagres eles presenciaram e mesmo assim sempre murmurando e pondo Deus a prova.

E quando Moises enviou os homens para expiarem a terra e eles voltaram dando um relatório negativo que desanimou o povo, foi a gota d’agua, Deus já tinha dado várias provas do seu poder, Ele havia prometido aquela Terra e mesmo assim não confiaram que Deus a daria e por isso tiveram que amargar mais 40 anos no deserto até que aquela geração tivesse morrido e os homens que deram o relatório negativo morreram logo e dos que foram explorar a Terra só ficaram Josué e Calebe.

Hoje em dia somos assim também vivemos murmurando, não acreditamos em Deus, a Bíblia está cheia de promessas, cheia de milagres e não confiamos que Deus pode fazer, tudo bem que hoje não presenciamos aqueles milagres que aquele povo teve de ver o  mar se abrir, sair água da rocha, de ouvir Deus claramente falando. Mas temos o milagre de acordarmos todos os dias, de sermos livres de acidentes, balas perdidas, temos família, temos casa e muitos pequenos milagres que nem percebemos e Deus continua falando conosco até os dias de hoje basta pararmos para ouvi-lo e fala o tempo todo, mas a gente ta agitado demais, ansioso demais e ficamos dizendo ESTOU PASSANDO UM DESERTO. Mas como você esta encarando esse deserto? Com a certeza de que vai entrar na Terra prometida, que Deus vai te levar até lá, ou murmurando achando que no Egito é que era bom, a gente era escravo, mas era bom, a gente apanhava todo dia, mas tinha carne e pão na panela. Quem murmurou não viu a terra prometida, então esteja no deserto mas com a certeza de você vai alcançar sua vitória.

Promessas que temos hoje:

“Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus,”(João 1:11-12)

“O ladrão vem apenas para furtar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente.” (João 10:10) (Vida Plena: vida cheia, completa, inteira, perfeita, absoluta)

“Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido.Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados.” (Isaías 53:4-5)

Então a promessa já está aí é só crermos.

E então como você vai encarar o deserto? 

“Os homens de Judá vieram a Josué em Gilgal, e Calebe, filho do quenezeu Jefoné, lhe disse: “Você sabe o que o Senhor disse a Moisés, homem de Deus, em Cades-Barnéia, sobre mim e sobre você.

Eu tinha quarenta anos quando Moisés, servo do Senhor, enviou-me de Cades-Barnéia para espionar a terra. Eu lhe dei um relatório digno de confiança, mas os meus irmãos israelitas que foram comigo fizeram o povo desanimar-se de medo. Eu, porém, fui inteiramente fiel ao Senhor, ao meu Deus.

Por isso naquele dia Moisés me jurou: ‘Certamente a terra em que você pisou será uma herança perpétua para você e para os seus descendentes, porquanto você foi inteiramente fiel ao Senhor, ao meu Deus’.
“Pois bem, o Senhor manteve-me vivo, como prometeu. E foi há quarenta e cinco anos que ele disse isso a Moisés, quando Israel caminhava pelo deserto. Por isso aqui estou hoje, com oitenta e cinco anos de idade!

Ainda estou tão forte como no dia em que Moisés me enviou; tenho agora tanto vigor para ir à guerra como naquela época.”  (Josué 14:6-11)

34404 059-4 BIBLE MAP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s