Morando em Toronto pelo Ciências Sem Fronteiras

Continuando minha série de entrevistas com pessoas que moram no exterior, eu estava procurando alguém que me falasse sobre o Canadá, aí nesse mundinho da blogosfera conheci a Gabriela do blog http://lembrancasdagabi.wordpress.com/  que está estudando em Toronto fazendo uma graduação sanduíche pelo Ciência Sem Fronteiras, conversei com ela que me concedeu prontamente uma entrevista. ciencia-sem-fronteiras_teaser

Seu nome, cidade onde mora, e por quanto tempo?

Olá, meu nome é Gabriela, eu moro em Toronto-Canadá, faz quase um ano.

Quem mora com você?

Eu moro com 5 brasileiros, todos estudantes do programa Ciências Sem Fronteiras assim como eu.

Apresente a cidade que você mora: (tamanho da cidade, quantos habitantes, cidades

próximas, etc):

Toronto é a maior cidade do Canadá, possui aproximadamente 2,8 milhões de habitantes, é considerada uma das cidades mais multiculturais do mundo e fica a 1h30 de carro das Cataratas do Niagara.

Por que se mudou para essa cidade?

Eu me mudei para Toronto para estudar na Universidade de Toronto durante 1 ano e 4 meses, nesse período eu fiz 3 meses de inglês, 3 meses de pesquisa com uma professora da universidade e 1 semestre de aulas, e ano que vem de janeiro a abril farei meu último semestre na universidade, tudo isso foi através do programa Ciências Sem Fronteiras, do Governo Federal.

Qual tipo de visto você tem?

Eu tenho visto de estudo e de trabalho, mas o meu visto de trabalho é vinculado a Universidade de Toronto, então ela precisa me autorizar a trabalhar, e meu trabalho tem que ser dentro da Universidade no período de aulas, o que não me isenta de fazer 3 matérias; ou nas férias (que foi quando eu trabalhei) eu podia trabalhar na universidade (que foi minha escolha) ou numa empresa na minha área de estudo. Essa exigência vem do Ciências Sem Fronteiras, porque o objetivo principal do programa é que eu aprenda coisas novas na universidade.

Como foi para tirar o visto?

Eu fiz atrás do VAC em São Paulo. O VAC é um tipo de “despachante” do consulado, então eu entrei no site, eles me deram uma lista de documentos que eu tinha que levar no VAC, eu levei e eles mandaram meus documentos para ser analisados e me deram uma carta para fazer o exame médico. Esse exame médico tem que ser feito com um dos 3 médicos conveniados com o Consulado canadense (no caso de São Paulo), a consulta custou 300 reais (caríssimo), e eu tive que fazer exames de sangue e da coluna em dois laboratórios, o que encareceu mais ainda o processo. O médico analisa meus exames e manda pro consulado, eu não sei quais são os critérios que eles usam. Depois disso meu visto foi aprovado. Lembrando que vistos para turistas não exigem exame médico. Mesmo com o exame médico eu achei o processo rápido e eficiente.

Se você foi estudar, que tipo de curso você faz?

Bacharelado em Ciências da Computação

Por que escolheu este país e está cidade?

Escolhi Toronto pois tinha 2 amigos que estudavam comigo no Brasil e que estavam estudando aqui através do Ciências Sem Fronteiras.postq12

Como foi a adaptação?

Foi muito fácil, Toronto é uma cidade muito tranquila comparada com São Paulo, onde eu morava. Eu moro com brasileiros, então eles me ajudaram muito no começo, me dando dicas sobre a cidade, onde comprar coisas, etc.. O banco onde eu fui abrir minha conta tinha uma recepcionista que falava português, outra coisa que me deixou muito confortável, afinal eu tinha acabado de chegar e falava inglês muito mal ainda. Eu faço compras em um mercado que tem arroz, feijão (uhull), então não tive problemas com alimentação, e compro carne em um açougue português que tem carnes muito boas. Eu acho que por ser tão multicultural, não tem como você se sentir longe do seu país em Toronto.img_1263

Casa, apartamento, town home, o que é mais comum nessa cidade?

Aonde eu moro há bastante casas, e eu acho que isso é o mais comum, mas também há bastante apartamentos.

img_1237

Como é o transporte?

Dentro da cidade você pode se locomover através de ônibus, metrô ou streetcar (que é um bondinho). A passagem custa $3 dólares, e eles não dão troco nos ônibus e streetcars.

Como são as escolas?

Eu ouvi falar que até o ensino médio as pessoas estudam em escola pública. Apenas pessoas muito ricas estudam em escola particular. Mas acho que todas as universidades são pagas. Infelizmente não tenho muito certeza sobre isso. A Universidade de Toronto, onde eu estudo é muito reconhecida mundialmente pela excelência de ensino, é considerada a melhor do Canadá.

Como é o clima?

As 4 estações são bem definidas: inverno, primavera, verão e outono. Alguns anos o inverno e o verão podem ser bem rigorosos, quando eu cheguei peguei um inverno rigoroso, mas o verão normal.

Como é o sistema de saúde?

 O sistema de saúde aqui é público (até onde eu sei), mas não para mim, que sou residente temporária ou para turistas, então eu tenho que ter plano de saúde.

Qual é a indústria mais forte na cidade?

Não sei dizer :/

Qual é o preço médio de uma casa de 3 quartos na cidade (pra comprar ou alugar)?

Depende muito de onde você quer morar, quanto mais no centro, mais caro. No centro eu diria que pelo menos 1500 dólares o aluguel. Para comprar eu não sei, mas acho que deva ser bem caro.

Como é o custo de vida, exemplos de preços de coisas do dia a dia (leite, ovos, pão, gasolina, estacionamento, escolha alguns ou pode falar de outros também)?

Eu pago 2 dólares no pão, 4 dólares no leite, 2 dólares em um suco.. mas não me lembro muito bem de outras coisas, porque eu não presto muita atenção nisso.

Como é a comunidade brasileira na cidade?

É uma comunidade grande, então tem muitos restaurantes brasileiros, igrejas com culto em português, dentistas que falam português, etc.

O que vocês fazem no final de semana, programas preferidos?

No inverno ou no outono: patinamos nos rinques de gelo da cidade, vamos ao shopping, cinema, museus ou vamos comer em algum restaurante legal. No verão ou na primavera: vamos a parques, praias, festivais de rua, parque de diversão, tem muitas opções..

Prós de morar nessa cidade?

Você consegue ter um gostinho da culinária de cada lugar do mundo, já comi comida koreana, japonesa, italiana, etíope e por aí vai..  E também tem muitas opções culturais, shoppings bons e um povo maravilhoso. img_1189img_1270

Contras de morar nessa cidade?

As pessoas que não são brasileiras são muito fechadas, então no começo se você não conhece nenhum brasileiro, você pode se sentir sozinho (essa é a minha perspectiva, pode variar de pessoa para pessoa).  E acho o transporte daqui bem fraco.

Quer ficar voltar ou conhecer outro lugar, e por quê?

Eu tenho que voltar pro Brasil no começo de maio, porque acaba o Ciências sem Fronteiras para mim e porque eu tenho que terminar minha graduação na USP. Eu voltaria sim para Toronto, é uma cidade maravilhosa, principalmente na primavera e no verão, cheia de ciclovias e coisas para fazer, além de ser muito segura. Mas não sei se moraria aqui para sempre, porque é difícil morar longe da família, e também porque amo a nossa cultura brasileira que é muito simpática e feliz.  Mas posso dizer que o meu coração vai estar sempre divido entre o Brasil e o Canadá! 🙂

Gabriela muito obrigada pela sua entrevista, desejo um futuro brilhante pra você e com certeza agora com essa experiência não  tem como não ser. Que Deus te ilumine sempre e Toronto-Canadá,  com certeza está nos meu planos.

img_0496

Anúncios

2 pensamentos sobre “Morando em Toronto pelo Ciências Sem Fronteiras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s