Filminho da Semana – Lion

Olá galerinha, tudo bem?

Já faz tempo, muito tempo mesmo que não apareço por aqui, acho que nem sei mais como se escreve, rsrsrsr, ainda vou fazer um resumo do que tem acontecido pra justificar minha ausência.

Essa semana assisti esse filme Lion, lançamento no Netflix, passeando pelo Facebook, alguém postou que estava assistindo esse filme e fiquei curiosa, confesso que a primeira vez que li a sinopse não dei muita atenção, mas uns dias depois quando procurava um filme para assistir resolvi arriscar esse e não me arrependi. Sempre falo para as pessoas que gosto de ver filmes baseado em fatos reais, mas esse é o segundo filme em pouco tempo que assisto sem saber que é baseado em fatos reais, só descobrindo no final.

Porque esse filme me tocou a ponto de me fazer retornar o blog?

Primeiro se você não assistiu o filme já vai um spoiler, então, o filme conta história de um menino que se perde da família e acaba sendo adotado por um casal australiano onde ele passa toda a sua vida até que algo traz a lembrança toda sua infância, então ele começa entrar em um conflito interno que foi o que me atraiu, ou melhor, atraiu meus sentimentos, o filme conta só a história pelo lado dele, uma criança de 5 anos perdida, parou numa cidade cujo dialeto ele não falava, ele não sabia dizer o nome da mãe, o seu endereço, só seu próprio nome, o nome do irmão e o nome de um lugar que ninguém achou no mapa. 

Quando ele entra em conflito ele se coloca no lugar da mãe e do irmão e imagina o quanto eles devem ter procurado por ele e já se passaram 25 anos, ele teve uma vida boa e ele se esqueceu do passado, da pobreza, da família, mas agora tudo voltou a tona, ele se sentia culpado, culpado por ter sumido, culpado por ter tido uma vida boa e sua família ainda viver na pobreza, tudo isso corroía ele, que começou uma busca louca pra descobrir de onde ele veio. Foram meses e meses de google maps e busca pela memória de uma criança de 5 anos. Sim ele encontra a casa dele, a mãe dele, o momento mais emocionante do filme. 

Eu assim como ele me coloco no lugar daquela mãe que perdeu os dois filhos no mesmo dia, sim, no final do filme eles contam que irmão morreu no mesmo dia que ele sumiu, imagina o quanto essa mães não andou procurando o filho. Me coloco no lugar dessa criança, sem saber onde estava, cadê sua mãe, cadê seu irmão, não entendendo nada o que falavam com ele, a saudade da mãe, os sonhos. 

O filme é lindo e triste ao mesmo tempo, mas recomendo assistir.  Desculpe o Spoiler, mas também no final do filme ele descobre que pronunciava seu próprio nome errado e também o nome da cidade que morava, por isso ninguém havia encontrado a cidade.

Um abraço pessoal, espero que gostem do filme, não esqueçam de dizer o que acharam. 

 

SINOPSE E DETALHES (Adoro Cinema)

Quando tinha apenas cinco anos, o indiano Saroo (Dev Patel) se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfretou grandes desafios para sobreviver sozinho até de ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s